Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Até hoje, dia 8 janeiro 2014, como Presidente República, Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Cavaco Silva está no poder há 6908 dias (18 anos e 339 dias). .

Agora temos, ao menos, este auxílio: Um relógio com a contagem decrescente para a libertação final!!

Agradecemos ao CDS-PP ter dado a ideia do relógio com contagem decrescente!

Este contador assume que o mandato de Cavaco terminará a 29 de Fevereiro de 2016 (para nosso azar, 2016 é ano bissexto)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Livros recomendados Amazon.co.uk (kindle edition)


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D





E os corruptos somos nós?

Quinta-feira, 17.02.11

Esta história passa-se na muy poderosa, séria e incorruptível Alemanha. Axel Weber, Presidente do Bundesbank, o Banco Central Alemão, irá abandonar o seu posto e a sua candidatura a Presidente do Banco Central Europeu, para se manter no ramo, mas desta vez no Deutsche Bank, um banco privado, cotado em bolsa, no qual ocupará um alto cargo.

O Presidente do Regulador sai directamente para uma empresa regulada com a maior das lisuras.  Não estamos a falar da América Latina, nem tão-pouco uma dessas ovelhas negras da Europa, leia-se países do Sul, a que agora se convencionou chamar periféricos. Estamos a falar da Alemanha, da Mercedes e da Siemens...

Que diriam se fosse em Portugal? Alguns comentários como "Só neste país de corruptos, onde isto já chegou" seriam inevitáveis, certamente. Desde logo pelos implacáveis Mário Crespos e Medinas Carreiras, mas como é na Alemanha...Bom, haverá concerteza um bom motivo para esta mudança de camisola.

De qualquer maneira, deixe-me o leitor colocar algumas questões, meramente teóricas, uma vez que tratando-se na Alemanha, não há que desconfiar:

- Que acções poderá um Presidente de um Banco Central ter feito para merecer a confiança de um Banco seu regulado?

- Quanto terá lucrado o Deutsche Bank com a crise da dívida na Zona Euro?

- Quantos títulos da dívida pública portuguesa terá o Deutsche Bank, e suas participadas, comprado nos últimos meses, beneficiando de taxas de juro elevadíssimas que actualmente os "mercados" ditam?

 

Eu sei caro leitor, são perguntas sem sentido, que apenas uma mente turtuosa como a minha se poderá lembrar...Que tolice...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 15:55

2 comentários

De João Mateus a 17.02.2011 às 16:21

E quem vai ocupar o seu lugar?
Parece que é um conhecido "boy" da oposição, hehhhhhhhh

De João Mateus a 17.02.2011 às 16:25

E quem irá ocupar o seu lugar?
Parece que é um conhecido "boy" da oposição, hehhhhhhh

Comentar post









Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...