Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Até hoje, dia 8 janeiro 2014, como Presidente República, Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Cavaco Silva está no poder há 6908 dias (18 anos e 339 dias). .

Agora temos, ao menos, este auxílio: Um relógio com a contagem decrescente para a libertação final!!

Agradecemos ao CDS-PP ter dado a ideia do relógio com contagem decrescente!

Este contador assume que o mandato de Cavaco terminará a 29 de Fevereiro de 2016 (para nosso azar, 2016 é ano bissexto)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Livros recomendados Amazon.co.uk (kindle edition)


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Sobre o nojo

Terça-feira, 15.11.11

O relatório do grupo de trabalho para definir serviço público é um verdadeiro nojo, baseado em preconceitos ideológico, consagra uma ajuda às TVs privadas que já existem. Pelo meio ainda consegue ter um bafio salazarento.

Vamos por partes:

 

Sobre a ajudinha aos privados:

Balsemão, militante n.º 1 do PSD

 

“A forma como a televisão deve ser financiada em serviço público não é através de publicidade comercial, mas sim através de um financiamento que vem ou do Orçamento de Estado ou taxas e Orçamento do Estado, consoante estamos a falar da comunicação feita para o mercado interno ou para o mercado externo". Sim, senhor. Acabar com a publicidade na RTP seguramente que não é uma medida para ajudar as contas públicas. É apenas e tão só uma medida que visa o enfraquecimento, ou mesmo extinção, do serviço público e que beneficia grosseiramente os interesses económicos dos donos dos canais privados. Isto claro, tudo feito no âmbito de um grupo de trabalho pago com dinheiros públicos.

 

Sobre o preconceito ideológico

Moura Guedes, exemplo de isenção?

 

Este grupo teve a distinta lata de dizer que falta isenção na RTP. Se há canal que ainda pode ser visto com alguma credibilidade é a RTP. Apesar das Judites de Sousas (jornalista ferozmente PSD, que destilava ódio ao Sócrates e a todos os que o defendiam), a RTP destaca-se da concorrência pela positiva.

Quem pode achar que a TVI na era da dupla Moniz / Moura Guedes tinha uma pinga de isenção ou credibilidade? Ou que dizer do Plano Inclinado da SIC, no qual participava João Duque, o Presidente deste Grupo de trabalho? Para não falar, nos exemplos da imprensa escrita, a começar pelo Público, liderado por José Manuel Fernandes, que crucificou Sócrates assim que soube que o ex-PM não morria de amores pela OPA da Sonae sobre a PT?

Convém lembrar que as TVs, independentemente de serem públicas ou privadas têm a obrigação de "Assegurar a difusão de uma informação que respeite o pluralismo, o rigor e a isenção" (Lei da Televisão).

 

Sobre o bafio Salazarento

Seria cómico se o caso não fosse sério, mas defender isto é do mais salazarento que se tem visto neste país: "A promoção de Portugal através da imagem ou do som deve ser enquadrada numa visão de política externa e portanto quase que sob a orientação ou em contrato de programa com o Ministério dos Negócios Estrangeiros", afirmou o economista, que defendeu mesmo que a informação veiculada pelo canal internacional deve ser “filtrada” e “trabalhada” para passar a mensagem de promoção do país. Um tratamento da informação que, acrescentou, “não deve ser questionado”. “A bem da Nação”, rematou

Conversas em família, com Marcelo Caetano. Um bom programa para a renovada RTP Internacional

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 22:00








Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...