Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Livros recomendados Amazon.co.uk (kindle edition)


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



O novo ministro da RTP

Quinta-feira, 11.04.13

Miguel Poiares Maduro, novo Ministro de Passos, vai tutelar a RTP. Poiares Maduro escreveu isto no seu Facebook a 21/3: https://www.facebook.com/miguel.poiaresmaduro

 

Três notas breves sobre as reacções à aparente contratação do ex-PM Sócrates como comentador político:
- Não crítico a decisão da RTP por não gostar de Sócrates. Acho legítimo, em abstracto, que uma televisão contrate um político detestado por muitos portugueses (como eu) mas de que outros continuam a gostar e que tem seguramente interesse jornalístico.
- o problema para mim é outro: um óbvio conflito de interesses. Sócrates vai comentar política pouco tempo depois de ter deixado de ser PM e, num contexto, em que o muito que vai comentar tem a ver com o que ele fez como PM. Não vai ser comentador, vai antes ter uma oportunidade de "escrever a sua história"!
A diferença é que a primeira razão faria com que eu não gostasse da escolha da RTP mas a considerasse aceitável. Esta segunda torna a escolha inaceitável para mim. Que o entrevistem muito bem. Que seja comentador político menos de dois anos depois de ser PM e num contexto em que a sua própria acção vai estar no centro do debate é Berluscuniano...
- ultima nota: acho péssimo esta pratica dos nossos média de escolher para comentadores políticos apenas políticos. E não deixo de notar que num pais que se queixa tanto da classe política que o governou nos últimos anos seja a essa mesma classe política que quase exclusivamente recorre para comentar o que se passa e saber o que fazer. É autopoeisis no seu melhor...


O ódio a Sócrates, confessado por Maduro e que seguramente pesou na escolha de Passos, fa-lo-à intervir na informação da RTP e acabar com esse comentário semanal?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 23:59






Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...