Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Temos política de verdade

Terça-feira, 30.06.09

Veio então Ferreira Leite desmentir Granadeiro. As declarações foram de tal forma ricas que é difícil escolher a melhor abordagem.

 

Mas vamos por partes, para não confundir o leitor:

 

1) Disse a líder do PPD/PSD que, se algum dia um Governo PSD tentou influenciar a linha editorial do “Diário de Notícias” e do “Jornal de Notícias”, então detidos pela Lusomundo, “fez mal”. 
 

Com esta declaração, em que admite a culpa com tamanha ligeireza, fico com a sensação que Ferreira Leite só se arrepende de ter sido apanhada

 

2) Ferreira Leite corrigiu Henrique Granadeiro, que falou em pressões para a venda da rede fixa pela PT. “A decisão política já estava tomada pelo Governo socialista do engenheiro António Guterres quando cheguei ao Ministério das Finanças”, afirmou.

 

Mas, então não é que existe uma ferramenta que se chama Google. Uma pesquisa basta: "Ferreira Leite rede fixa PT". E surge logo ao internauta a verdade, verdadinha

 

Estado aprova venda definitiva da rede fixa à Portugal Telecom

 

E quem vem justificar a medida? Ora, nem mais: a nossa cavaleira da verdade: Aliado a outros factores, o encaixe do valor da venda da rede fixa agora aprovada faz com que "estejam reunidas as condições para que o défice orçamental previsto para 2002 se cumpra", garantiu a Ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite.

Pois, é minha senhora, para a próxima, antes de falar, lembre-se que existe uma coisa que se chama Google

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 18:36

Temos homem

Terça-feira, 30.06.09

Granadeiro deu hoje uma entrevista ao i, na qual foram relembradas algumas intromissões de Manuela Ferreira Leite. Ficam aqui alguns excertos:

 

"Já parecem esquecidas as tentativas de intervenção do governo do PSD na Lusomundo Media, que levaram à minha demissão", recorda, recuando à sua saída, em 2004, da presidência executiva da subholding do grupo PT que agrupava os meios de comunicação então detidos pela operadora - TSF, "DN", "JN", "24horas" e "Tal&Qual".


A rede fixa Relativamente à preocupação de Ferreira Leite quanto aos prejuízos que o negócio entre a PT e a TVI poderia trazer aos accionistas da operadora, Henrique Granadeiro sublinha que "ainda está na memória de toda a gente a venda pelo Estado à PT da rede fixa como forma de conter o défice público nos limites impostos por Bruxelas, sendo Manuela Ferreira Leite ministra das Finanças".
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 18:29





Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...


subscrever feeds