Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Um governo Ferreira Leite

Sábado, 13.06.09

Estando atento ao que se passa no país tenho de concluir que um Governo Ferreira Leite é o melhor para o país.

 

O país precisa de Ferreira Leite, que por onde passou deixou sempre uma nota de competência, de honestidade e de transigência.

 

Nas finanças, o país precisa de um António Borges, para dar uma nova oportunidade ao livre mercado, porque ao permitirmos que os agentes tratem da sua vidinha, estão, sabemos bem, a tratar do interesse comum. Se não for possível o António Borges, escolha-se um outro Homem Forte do PSD, se ele estiver para isso: Dias Loureiro. Dias Loureiro tem experiência acumulada na Banca e que, tal como diz Cavaco "não temos nada para duvidar da sua honestidade"

 

Na educação, precisamos de uma nova política: colocação de professores anuais (em vez da bandalheira dos 3 anos) e que essa colocação ocorra em Out / Nov., tal como nos saudosos dias da maioria PSD/CDS. Um ano lectivo mais curto, ajuda a que os alunos aprendam mais depressa, e logo, é melhor porque é mais exigente.

 

Há outras figuras que o país precisa. No dia seguinte às eleições europeias, de boa memória, numa feira em Santarém, a rodear a Primeira Ministra, vi o Miguel Relvas. Esse Ministro de Barroso e Santana. Um estratega, um visionário, útil a qualquer nação.

 

A rodear Ferreira Leite, estava também José Eduardo Martins, ex- Secretário de Estado de Santana Lopes, que há 2/3 meses atrás, em plena Assembleia da República, se virou para um deputado do PSD e gritou: "Vai pró cara..." Gente desta, que fala a verdade, sem rodeios, é o que o país precisa. 

 

Em princípio, o governo do PSD será de coligação o CDS. Aí também temos motivos para estarmos descansados. Paulo Portas é um estadista, muito estimado pelo pacifista Ronald Rumsfeld (ai que saudades!)

 

Mas não é só no Governo que o país precisa de uma janela aberta. Lisboa.

 

Lisboa  está triste, cinzenta.

 

Precisa de qualquer coisa: De foguetes, de cartazes a dizerem quantos buracos foram tapados a semana passada. Os lisboetas precisam de saber o que se passa na cidade.

 

É desta política de verdade e de proximidade que o País e Lisboa precisam

 

Viva Portugal! Viva o PPD/CDS/PSD/!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 21:40





Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...