Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


E subitamente: eis que as agências de rating passam a más da fita

Quarta-feira, 06.07.11

As mudanças de Governo fazem mesmo milagres. Há dois anos que as agências de rating andam a brincar com o nosso rating, ao sabor dos interesses daqueles que nos emprestam dinheiro, mas só agora parece que se abriu uma luzinha em certas mentes lusas e na nossa imprensa:

 

Mira Amaral: Descer 'rating' da dívida portuguesa é acção "terrorista"

 

Faria de Oliveira: Descida do ‘rating’ é "imoral e insultuosa"

 

Governo critica Moody’s por não ter tido em conta imposto extraordinário (act.)

 

Editorial do Jornal de Negócios: You bastards

 

Editorial do Económico: Chamem a polícia...para prender as agências: "O título de primeira página do Económico de hoje é uma notícia, mas também é um protesto, uma indignação. A Moody's empurra Portugal para a falência".

 

A este propósito, é bom lembrar que até 5 de Junho, as culpas eram todas de Sócrates. Bastaria livramo-nos dele para que o país visse de novo a luz ao fundo do túnel. Foi um argumento repetido à exaustão pela imprensa e por destacadas figuras das oposições, e principalmente pelo PSD. Á data, as agências de rating mais não eram do que entidades credíveis, cujas análises reflectiam o descrétido do nosso Governo.

Vale a pena ver de novo estas afirmações de Ferreira Leite a 23 de Março (tirada do Câmara Corportativa).

 

E agora Manuela? Que explicação tem para este lixo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 09:52

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.






Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...


subscrever feeds