Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Até hoje, dia 8 janeiro 2014, como Presidente República, Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Cavaco Silva está no poder há 6908 dias (18 anos e 339 dias). .

Agora temos, ao menos, este auxílio: Um relógio com a contagem decrescente para a libertação final!!

Agradecemos ao CDS-PP ter dado a ideia do relógio com contagem decrescente!

Este contador assume que o mandato de Cavaco terminará a 29 de Fevereiro de 2016 (para nosso azar, 2016 é ano bissexto)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

 



Livros recomendados Amazon.co.uk (kindle edition)


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Sobre a demência

Sexta-feira, 28.06.13

Hoje, com os números do INE da execução orçamental do 1º trimestre de 2013, segundo os quais o défice público disparou, nos primeiros três meses de 2013, para 10,6% (e que mesmo sem a operação de injeção de capital no BANIF, o défice seria maior que o do ano passado), o governo vem dizer uma pérola como esta:

 

Estes dados indicam o sucesso do programa de ajustamento”, disse Luís Morais Sarmento.

 

Triste espetáculo este que nos é dado todos os dias por um governo em decomposição.

 

E agora no desespero, quando a realidade se encarregou de mostrar ao governo o quão errada foi a sua política, resta a esta gente, meter medo às pessoas. No dia 10 de junho, um cidadão foi detido, por um polícia à paisana infiltrado no meio da população, por se ter manifestado contra o Presidente da República. Ontem, 226 pessoas (!!) foram detidas por cortarem o acesso à ponte 25 de Abril.

 

Quanto tempo mais teremos de suportar esta gente estúpida e pidesca, que se vira contra o povo, vingando sobre ele os seus próprios falhanços?

 

P.S.: curioso o título dado pelo INE ao documento que mostra o desastre nas contas públicas no 1º trimestre: "Capacidade de financiamento da Economia portuguesa aumenta". É um título eloquente quanto ao nível de politização que atingiu o INE com esta maioria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 17:12

Anúncios no Facebook

Segunda-feira, 01.10.12

Os anúncios publicados no Facebook são variados: Há anúncios a sites de encontros, sites de artigos em 2ª mão, a cursos de piloto, provas de vinho. Enfim há de tudo, como na farmácia. Menos inócuo é o anúncio que hoje surgiu na barra direita da minha página (ver imagem em baixo). O anúncio diz isto:

"Procura-se José Sócrates

Solicitamos que seja iniciada em sede parlamentar uma investigação aos actos de gestão"

A dita página mais parece uma espécie de fogueira inquisitorial dos tempos modernos. Publicar um anúncio no Facebook não sai assim tão barato e quantas mais pessoas clicarem, mais se paga.

A questão que se impõe é quem paga? Que grupo de pessoas, que entidades, estão a financiar esta inquisitorial iniciativa?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por sitiocomvistasobreacidade às 17:30

De novo no Antigo Regime

Sexta-feira, 24.08.12

Há dias foi o Mexia, a dar bitaites e dizer que deveriam ser os funcionários públicos a pagar toda a crise. Ontem, veio um consultor do Governo, António Borges, anunciar ao país as orientações sobre o futuro da RTP e RDP. Fechar a RTP2 e a RTP1 será entregue aos privados, sob a forma de concessão.

Estas figuras que ninguém elegeu, que não possuem qualquer cargo oficial, mandam sentenças como se fossem os verdadeiros donos do país. Essas figuras confirmam-nos que estamos a recuar décadas e voltar a um regime totalitário e anti-democrático. Que direito tem Borges a vir mandar sentenças sobre o fim do Canal Publico de Televisão, cuja existência está inclusivamente expressa na Constituição?

Este Governo que deixa esta gente à solta, e que foi posto no poder com a cumplicidade do PCP e BE, é perigoso e vê nesta crise a oportunidade de ouro para instalar um regime económico selvagem ao serviço em exclusivo dos mais ricos.

 

PS- Bem este António Pedro Vasconcelos, que além de chamar fascitas a esta gente, fez uma defesa muito importante do serviço público de televisão: A ler aqui com atenção.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 12:47

O Partido político chamado ACP

Domingo, 06.05.12

Algumas considerações sobre o processo movido pelo Automóvel Club de Portugal, presidido por Carlos Barbosa e que tem Miguel Horta e Costa como vice-Presidente, contra Mário Lino, António Mendonça e Paulo Campos.

1) Não é a primeira vez que a dupla Barbosa / Horta e Costa abre guerra ao PS. A propósito do encerramento do trânsito do Terreiro do Paço, Barbosa chamou António Costa de "autista";

2) A abrir-se este precedente, não se percebe porque Barbosa / Horta e Costa não querem ver esclarecido na justiça o duplo pagamento à Lusoponte relativo às portagens do mês de Agosto na ponte 25 de Abril, que o atual Governo autorizou;

3) Medina Carreira e João Duque  foram arrolados como testemunhas, especialistas em transporte, pelo ACP. O ódio que estes comentadores exalam ao socialismo, remete este processo para uma categoria que se julgava enterrada: um processo político;

4) Perante, este cenário tenebroso, o Seguro não tem melhor frase do que esta: "Eu defendo a separação da política da justiça. Se houver motivos para a Justiça agir, então tem de agir". Ao menos poderia ter aproveitado para pedir o mesmo tratamento para o duplo pagamento à Lusoponte;

5) Uma palavra sobre Lino, Mendonça e Campos. Foram dos poucos responsáveis na pasta das obras públicas, que não sairam dali diretamente para uma qualquer construtora, ou uma qualquer Lusoponte. Um dado que lhes dá, pelo menos, o benefício da dúvida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sitiocomvistasobreacidade às 12:06

Eles anda aí

Quarta-feira, 21.03.12

Com métodos mais sofisticados, que incluem a cumplicidade com a comunicação social, mas a matriz de perseguição política é semelhante:

PGR ABRE INQUÉRITO-CRIME A 14 MINISTROS DE SÓCRATES

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por sitiocomvistasobreacidade às 19:30







Posts mais comentados


Comentários recentes

  • Joao Saturnino

    Parabéns pelo seu blog, especialmente por este "in...

  • Frango Zappa

    Quanto custa o Mario?

  • E os Homens da Luta, por onde anda essa gente? E a...

  • cheia

    Tantos erros, e nem um culpado!

  • MCN

    O problema é a raqzão porque Afonso Camões não diz...



subscrever feeds